Entidades comemoram inclusão de alças em projeto da ponte

0
783

Foto: AVL

AVL
Presidentes de associações se reúnem com o secretário de infraestrutura e obras

Representantes das associações de moradores Amocity, Associação Viva Leopoldina (AVL) e Assampalba se reuniram na sexta-feira (22) com o secretário de Infraestrutura Urbana e Obras Marcos Monteiro, com a diretora de Obras Adriana Biazzi e o vereador Eliseu Gabriel. No encontro foi apresentado o novo projeto da Ponte Pirituba-Lapa, com a inclusão de alças de acesso à Marginal Tietê, nos dois sentidos, uma em formato de “Y” para quem sair da Lapa, e a outra como um mini-anel viário para quem vier de Pirituba. A falta de um acesso direto à marginal foi motivo de preocupação dos moradores da Lapa por causa do trânsito e danos à estrutura das casas, prédios e ruas. “A luta pela inclusão de alças de acesso às marginais tornou o projeto da Ponte Pirituba-Lapa completo, trazendo fluidez para os veículos em ambos os sentidos. Agradecemos o vereador Eliseu Gabriel, que foi o grande protagonista para o desenlace das discussões. Teremos nossa tão sonhada ponte, que vai atender milhares de cidadãos que utilizam transporte coletivo, bicicletas ou veículos. Ganha a população da cidade de São Paulo”, afirmou Carlos Alexandre de Oliveira, diretor de Relações de Governo da AVL.

A previsão é que a obra seja realizada em 39 meses a partir do momento que for liberada judicialmente. A obra foi paralisada em abril de 2020 por decisão da Justiça que acatou o pedido de liminar da Promotoria de Habitação e Urbanismo para anular a licença ambiental após alterações no projeto, entre elas a inclusão de alças. “Essas associações (AVL, Amocity e Assampalba) fizeram com que o projeto se tornasse muito melhor. O anterior era limitado, mas agora temos um novo e estamos prontos para retomar a obra”, disse o vereador Eliseu Gabriel.

A Ponte Pirituba-Lapa faz parte do programa de intervenções previstas no âmbito da Operação Urbana Consorciada Água Branca (OUCAB).

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA