Casos de dengue seguem em alta na Lapa e Leopoldina

0
369

O Aedes Aegypt, mosquito transmissor da dengue, não dá trégua na região da Subprefeitura Lapa. Dados da Coordenadoria de Vigilância em Saúde (Covisa), divulgados em 8 de abril, mostram que no intervalo entres as semanas epidemiológicas 12 e 13 foram diagnosticados, no Distrito Lapa, (Lapa, Ipojuca, Lapa de Baixo, Romana, entre outros bairros) 145 novos casos da doença. No intervalo epidemiológico anterior (semanas 11 e 12), a Covisa contabilizou 133 casos.

No Distrito Leopoldina surgiram 83 casos entre as semanas 12 e 13, contra 72 no intervalo anterior. Já no Distrito Perdizes o comparativo entre as semanas 12 e 13 e 11 e 12 mostra diminuição do número de casos: 152 contra 142.

A situação continua crítica Distrito Vila Jaguara.  Por lá, desde o início do ano foram verificados 1.817 casos de dengue, sendo 189 diagnosticados entre as semanas epidemiológicas 12 e 13 No ranking dos 96 distritos da cidade, no que se refere ao número de casos de dengue por 100 mil habitantes, a Vila Jaguara continua na liderança, com um índice de 7.647.  A cidade de São Paulo, como um todo registra um índice de 952.

Para fazer frente ao avanço da dengue, a Subprefeitura Lapa está estruturando um Comitê de Arboviroses – doenças causadas por vírus transmitidos, principalmente, por mosquitos – formado por representaes da própria subprefeitura, secretarias municipais (Saúde, Educação e Assistência Social), Defesa Civil e Conselho Participativo.    

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA