Votação para o CADES Lapa tem participação expressiva

0
357

Entre as 32 subprefeituras da capital paulista, a da Lapa teve destaque na eleição para os conselheiros gestores dos CADES Regionais – Conselhos Regionais de Meio Ambiente, Desenvolvimento Sustentável e Cultura de Paz, cujo resultado foi divulgado pela Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente na segunda-feira, 8.

A Sub Lapa registrou um total de 2.217 votos – um dos maiores do pleito – de um total de 24.144 votos e 8.048 eleitores em toda a capital paulista.

“Esse grande número mostra o engajamento da população em assuntos do meio ambiente, que se empenha cada vez mais em se fazer presente para representar a sua comunidade em decisões que protegem a natureza. É importante que o exemplo da Lapa, que teve mais de 2 mil votos, seja replicado em mais locais para garantir a participação popular por todo o munícipio de São Paulo.”, ressalta Liliane Arruda, coordenadora de Gestão dos Colegiados da SVMA.
Os conselheiros eleitos na região são: Jupira Cauhy (304 votos), Helena Maria Magozo (208 votos), Alexandra Swerts (202 votos), Ligia Rocha Rodrigues (162 votos), Néle de Azevedo (156 votos), Cáritas Relva Basso (154 votos), Olívia Teixeira Gurjão (134 votos) e José Carlos Queiroz (133 votos). Ficaram como suplentes: Valdívia dos Santos Passoni, Eduardo Fernandes de Mello, Alice Wey de Almeida, Umberto de Campos Sarti Filho, Eider De Bortoli Câmara, Steven Beggs, Leandro Augusto Gomes e Silva e Ana Paula Foroni.

O cronograma prevê um espaço de tempo para interposição de recursos de três dias corridos, a partir da publicação final dos candidatos. A posse ocorre no dia 26/04, virtualmente, às 18h.
Os CADES têm como objetivo o engajamento da população em formular propostas e articular projetos com as Subprefeituras e é uma forma de participação social nos temas de meio ambiente e desenvolvimento sustentável do município. Cada conselho é formado por 8 membros da sociedade civil e seus respectivos suplentes, além do mesmo número de membros escolhidos pelo poder público. O conselheiro gestor tem como papel representar a sociedade civil em demandas ambientais, tais como moradia, uso e ocupação do solo, resíduos sólidos e educação ambiental, por meio do diálogo direto com os representantes do poder público.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA