Acampamentos no entorno do Allianz continuam

0
290

Foto: Divulgação

Divulgação
Praça Francisco Matarazzo já tem público esperando show do dia 11/5

A Praça Francisco Matarazzo, próxima à Arena Allianz Parque, já estava com várias barracas montadas e pessoas deitadas em colchões, no início da semana passada, para aguardar os shows do Jonas Brothers, que aconteceu na terça-feira, 16, e de Louis Tomlinson, que só vai ocorrer dia 11 de maio. Com isso, de acordo com o Movimento Água Branca, além de não ser possível usar a praça para o lazer, o local fica tomado pelo lixo.

“A situação no entorno da Arena Allianz Parque está fora de controle. Com uma agenda de grandes eventos, em dias de semana e praticamente todos os finais de semana, nós não temos mais sossego. Sofremos com o trânsito, que fica caótico nos dias de eventos, com o tumulto causado pelos quilômetros de fila com milhares de pessoas ao longo das ruas e das Avenidas Francisco Matarazzo, Sumaré e Antártica, e com o uso indevido da nossa praça. Isso tudo vem acontecendo e sendo denunciado aos órgãos públicos há tempos, sem que se consiga uma solução”, diz a moradora Jupira Cauhy.

A Subprefeitura Lapa vem coordenando, em parceria com a Polícia Militar, a CET e a Guarda Civil Metropolitana, operações nos dias de shows e jogos de futebol na arena. A ideia é, principalmente, evitar a presença dos ambulantes ilegais, que, com a venda de bebidas alcoólicas, ajudam a provocar tumulto entre o público que aguarda nas filas. “Em dias de grandes eventos, todo o efetivo da subprefeitura é deslocado para o Allianz para garantir a manutenção da ordem no entorno”, ressalta o subprefeito Luiz Carlos Smith Pepe.

De acordo com o presidente do Conseg Perdizes, Josué Paes, a entidade está trabalhando para conseguir assento nas reuniões preparatórias dos eventos na arena, das quais participam as diversas entidades públicas. “É fundamental termos um representante dos moradores participando desses encontros, pois só quem vive na região conhece a fundo os problemas que esses eventos causam e podem colaborar propondo formas de minimizar esses transtornos”, explica Paes.

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA