Largada antecipada

0
108

A corrida eleitoral para a prefeitura de São Paulo só começa, de fato, no início de agosto. Mas aqui na região da Subprefeitura Lapa já vemos as pré-candidaturas dos dois principais concorrentes – o atual prefeito Ricardo Nunes (MDB) e o ex-deputado federal Guilherme Boulos (Psol) – funcionando a todo vapor.

A cúpula da campanha à reeleição de Nunes, capitaneada pelo ex-governador de São Paulo Rodrigo Garcia, que está organizando o plano de governo visando à continuidade da atual administração municipal, realizou, na terça-feira, 11, um evento na Vila Leopoldina para ouvir as necessidades da população da região e as propostas a serem incorporadas ao novo plano de governo de Ricardo Nunes. Embora o prefeito não estivesse presente, os moradores foram ouvidos não apenas por Garcia como por dois atuais secretários do governo – Fernando Chucre, do Desenvolvimento Urbano, e Alexandre Modonezi, das Subprefeituras -, além do vereador Rubinho Nunes (União) e do subprefeito Luiz Carlos Smith Pepe.

Alguns dias antes, no sábado, 8, Guilherme Boulos e Marta Suplicy (PT) protagonizaram um grande encontro da chapa organizado para marcar o final da pré-campanha, realizado na Barra Funda, que teve a presença de políticos, empresários e artistas apoiadores.

As duas iniciativas contaram com uma expressiva participação popular, levando-se em conta, é claro, as diferentes propostas dos eventos: enquanto a reunião do MDB foi mais focada no público dos bairros da região Lapa, o de Boulos e Marta teve como objetivo reunir os partidários do Psol e do PT vindos de toda a cidade.

Diferenças à parte, o interesse demonstrado pela população, em especial a da nossa região, na campanha eleitoral é bastante positivo. Sem dúvida, é importante que os candidatos, mesmo que ainda em pré-campanha, já comecem a expor suas ideias e, mais do que isso, se disponham a ouvir o que os paulistanos necessitam e esperam para transformar São Paulo em uma cidade melhor sob os diversos aspectos: acesso à saúde, educação, segurança, moradia, zeladoria, emprego e inclusão/sustentabilidade.

Quanto mais nós, moradores, que como reforçou Rodrigo Garcia somos quem vive, de fato, o dia a dia da cidade, nos engajarmos no processo eleitoral e procurarmos contribuir com os candidatos que apoiamos levando nossas ideias, mas chance teremos de ter uma São Paulo com a cara que queremos. As eleições representam, sempre, uma perspectiva de mudança. É preciso acreditar nisso! E nos prepararmos para votar de forma consciente é uma questão de cidadania. Só assim teremos uma cidade melhor para cada um e para todos.

COMPARTILHE
Artigo anteriorConvívio positivo
Próximo artigoGente

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA