Lapeanos tiveram bom desempenho

0
616

Apesar da forte chuva que caiu sobre a cidade no domingo, dia 31 de dezembro, os corredores lapeanos conseguiram bom desempenho na 82ª Corrida Internacional de São Silvestre que teve como primeiros colocados os brasileiros Franck Caldeira, no masculino, e Lucélia Peres, no feminino.
Entre os 15 mil participantes da prova de 15 quilometros de percurso, o advogado lapeano João de Sá, de 68 anos, fez o trajeto em 1h31m17s e foi o maratonista 7598 a atravessar a linha de chegada em frente ao prédio da Gazeta Esportiva, na Avenida Paulista.
Na classificação por faixa etária, Sá foi o 54º colocado. Já o técnico de corrida e maratonista Luiz de Argila Bernabeu mostrou que se restabeleceu do enfarto que teve no ano passado e conseguiu superar seu tempo, 1h22, da prova anterior e fez a corrida em 1h20, sendo o número 4606 a concluir a prova. Na sua faixa etária(50 a 54), Bernabeu foi o 371º na classificação.
A categoria masculina teve, ainda, dois representantes da ACM lapeana. Alberto Adelino Pinheirofez o tempo líquido de 1h28m37s e foi o 1898º colocado na classificação geral e o 373º na sua faixa etária (30 a 44 anos), e Hamilton Pereira da Silva, que conseguiu a 6892º lugar entre os 15 mil maratonistas e o 1198º na sua faixa etária (de 40 a 44 anos) na São Silvestre.

Feminina

A estreante Hermínia Maria Pissante Wisneski, da ACM-Lapa, foi a atleta número 596 a cruzar a linha de chegada. “A chuva atrapalhou um pouco. Quando a gente saiu do minhocão chovia muito. A roupa ficou molhada e pesada. Mas a experiência foi muito boa”, avalia a corredora, que treinou dois meses com Bernanbeu, antes da prova. “Eu já corri em outras provas com percurso de até dez quilômetros. Num percurso de 15 quilômetros foi a primeira vez. A orientação do técnico (Bernabeu) me ajudou muito”.

COMPARTILHE
Próximo artigoPRESTIGIO

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA