Coordenadoria discute mudanças na rede de saúde

0
72

Foto: Bárbara Dantine

Bárbara Dantine
Reunião com conselheiros e população na Biblioteca Mário Schenberg

A Biblioteca Mário Schenberg recebeu no sábado (28) uma reunião para discutir a reorganização da rede de atenção à saúde. Estiveram presentes membros da Coordenadoria Regional de Saúde Oeste e da Supervisão Técnica de Saúde Lapa/Pinheiros, incluindo a coordenadora Lúcia Mota e a supervisora Valéria Franzese. “Foi o Ministério Público que sugeriu a formação dessa comissão para avaliar quais seriam os ganhos e prejuízos do fechamento de AMAs (Assistência Médica Ambulatorial) ou não no território”, afirma Lúcia Mota.

Rosangela Bezerra Santos, assessora técnica da CRS Oeste, apresentou aos conselheiros de saúde e usuários dos equipamentos da região a proposta de reorganização da rede de atenção à saúde na área que pertence à Coordenadoria Oeste, com uma população de 1.063.709 habitantes, sendo 318.335 na Lapa. No território da Lapa e Pinheiros, 30,3% da população é exclusivamente atendida pelo SUS. A proposta que deve ser implementada entre 2019 e 2020 prevê mais 4 UBSs na região da coordenadoria, e ampliação das equipes da Estratégia Saúde da Família, Consultório na Rua, PAI (Programa Acompanhante de Idoso), entre outros, além da reformas de diversos equipamentos como o PS da Lapa.

Os participantes questionaram se UBSs seriam retiradas da região, como a da Vila Anastácio. Lúcia Mota afirma que a Coordenadoria está buscando imóveis com uma estrutura mais adequada para os postos de saúde que estão em imóveis alugados, mas, se for de fato mudar, será dentro do mesmo bairro em que estão hoje.

Em seguida os participantes da plenária foram divididos em cinco grupos para avaliar os equipamentos de saúde da região e elencar as prioridades. Entre as necessidades citadas esteve a falta de leitos, necessidade de equipes multidisciplinares, implantação integral dos prontuários eletrônicos, facilitação para o agendamento de consultas, reabertura de equipamentos fechados, maior divulgação dos serviços prestados e redução do tempo de espera para os atendimentos e procedimentos.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA