Chef fala no Sesc sobre produção local de alimentos

0
279

Foto: Divulgação

Divulgação
Paola Carosella conta sua trajetória para encontrar fornecedores sustentáveis

A chef argentina Paola Carosella, jurada do reality show MasterChef e responsável pelo restaurante Arturito e pelo café de empanadas La Guapa, participou de um bate-papo no Sesc Pompeia, na quarta-feira (19). O evento fez parte da programação do “Comer é PANC”, com curadoria da nutricionista Neide Rigo, que desde agosto tem discutido o aproveitamento de recursos alimentares e o uso das Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANC). São exemplos de PANC o ora-pro-nóbis, amor-perfeito, dente-de-leão, taioba, beldroega, capuchinha, azedinha e a flor dos ipês, plantas fáceis de encontrar pela cidade ou em qualquer jardim. “As PANC são ingredientes que fazem com que a paleta dos cozinheiros seja maior”, afirma Paola.

Paola contou sua trajetória na busca de fornecedores de agricultura local. “Conhecer aqueles que fazem a sua comida é algo lindo, muito emocionante, você cria uma conexão”, diz. Após uma longa busca por parceiros que não utilizassem agrotóxicos, Paola conheceu o trabalho da Cooperapas – Cooperativa Agroecológica dos Produtores Rurais e de Água Limpa da Região Sul de São Paulo, composta por agricultores familiares que além de atender restaurantes, também fornecem hortaliças para escolas públicas.

Entre os desafios de trabalhar com produtos mais frescos está o de adaptar os restaurantes à sazonalidade dos ingredientes e tempo maior das entregas. “Os restaurantes que compram da Ceagesp podem receber os produtos duas vezes por dia. Com a Cooperapas temos que armazenar porque as entregas chegam duas vezes na semana”, explica Paola.

A chef foi acompanhada da agricultora Valéria Macoratti, da Cooperapas. O público questionou onde encontrar restaurantes que utilizem PANC nos pratos e onde encontrar as plantas para consumo individual. Paola respondeu que é possível fazer o download no celular do aplicativo do Idec (Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor), que oferece uma lista de todas as feiras de orgânicos de acordo com a localização do usuário. Além de citar alguns restaurantes que já utilizam as PANC, a chef sugere que os clientes cobrem dos restaurantes que já frequentam o uso dessas plantas.

O próximo encontro abordará a importância das PANC nas hortas universitárias, com a médica patologista Thais Mauad, no dia 10 de outubro, às 20h30. A programação completa está no site do Sesc. (www.sescsp.org.br).

Casa Copaíba
Os moradores da região podem comprar produtos que vêm direto da fazenda na Casa Copaíba, na Rua Duílio, 77. O espaço, que também conta com programação cultural, abre apenas aos sábados, das 10h às 18h, e cada semana conta com uma seleção diferente de produtos sem agrotóxicos, fertilizantes ou substâncias químicas.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA