Lapa terá Centro Profissionalizante

0
1128

A Fundação de Rotarianos de São Paulo coloca em operação a partir de 2 fevereiro a primeira unidade do Centro Profissionalizante Rio Branco (CEPRO), na cidade de São Paulo. A iniciativa faz parte das comemorações dos 60 anos da fundação do Centro, que foi criada em 1946, para capacitar e inserir no mercado de trabalho jovens de baixa renda da região de Cotia e municípios vizinhos.
Segundo a coordenadora do Cepro, Susana Penteado, o intuito é expandir a atuação profissionalizante, colocando em funcionamento o primeiro núcleo na capital paulista, no campus das Faculdades Integradas Rio Branco, na Lapa de Baixo. “Os jovens de 14 a 16 anos que estão na 8ª série do Ensino Fundamental I e 1ª série do Ensino Médio em escolas públicas da região (Lapa, Pirituba, Freguesia do Ó e outros bairros próximos), no período noturno, terão acesso, por meio de processo seletivo, ao Programa de Aprendizagem Profissional da instituição, baseado na Lei do Aprendiz”, explica a coordenadora.
De acordo com Susana, inicialmente, será aberta uma turma com 30 alunos, mas, nos próximos semestres, a intenção é aumentar o número de salas. “O programa está dividido em duas etapas. Primeiro os jovens terão 400 horas de aulas de capacitação prévia para estudar os seguintes módulos: Habilidades para a Vida; Matemática e Português; Informática e Noções administrativas e de Atendimento Pessoal. Após a conclusão do curso, eles farão atividades práticas em empresas parceiras, por um período de até dois anos, como aprendizes, de acordo com a lei 10.097, de 2000”.
A coordenadora esclarece ainda que o centro exercerá a capacitação concomitante, para acompanhar o desenvolvimento dos aprendizes nesse período. “Assim, eles ficarão quatro dias da semana na empresa e um no Cepro”, acrescenta ela.
Após a capacitação prévia e ingresso nas empresas como aprendizes, os jovens receberão salário mínimo, férias, 13º salário, vale-transporte e seguro de vida, além de todos os encargos trabalhistas e previdenciários. O registro em carteira profissional é obrigatório e o horário de trabalho deve ser compatível com os estudos. A meta do Centro Profissionalizante Rio Branco é ter um núcleo em cada região da capital. O campus da Rio Branco fica na Rua Capitão José Inácio do Rosário, 133 – Lapa, com entrada pela Avenida José Maria de Faria, 111 – travessa da Avenida Ermano Marchetti – altura do nº 928, na Lapa de Baixo. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 3879-3100 ou pelo 4613-8564. Se preferir acesse o www.cepro.org.br

COMPARTILHE
Próximo artigoPRESTIGIO

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA