Alfredo Cotait apresenta propostas para ACSP

0
1872

Foto: Tiago Gonçalves

Tiago Gonçalves
Alfredo Cotait com apoiadores da chapa “União e Trabalho” e lideranças empresariais

O candidato à presidência da Associação Comercial de São Paulo Alfredo Cotait participou de um coquetel com membros das distritais Oeste, Noroeste, Butantã e empresários para apresentar as propostas de sua chapa “União e Trabalho”, com Roberto Mateus Ordine como vice. O evento foi organizado com o apoio da Página Editora e Espaço Climbers. A eleição acontece na próxima quinta-feira (21).

Político e engenheiro, Cotait já atuou em diversas áreas como construção civil, mercado financeiro, hotelaria e hospitais. É presidente da Câmara de Comércio Brasil-Líbano e atual vice-presidente da ACSP. Já foi secretário do Planejamento do Município de São Paulo, entre 1998 e 1999, senador em 2010, e atualmente é suplente de Mara Gabrilli, também no Senado.

Cotait defende uma maior interação da ACSP com o poder municipal, investimento em novas tecnologias e maior autonomia para as distritais. “É fundamental fortalecer as distritais. Nós queremos aproximar a ACSP dos associados e isso só pode ser feito através das distritais. Elas estão muito ociosas e podem funcionar com mais volume, com mais atividades. As distritais têm que ser um polo convergente de todas as ações que a região tem através das entidades como Lions, Rotary e outras da sociedade civil”, diz.

João Bico, atual vice-presidente da ACSP, ressaltou a importância de manter a tradição de ter o mesmo presidente na ACSP e Facesp (Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo), para garantir representatividade e mobilização. “A Facesp, desde que nasceu há 55 anos, tem a tradição de ter como presidente a mesma pessoa à frente da ACSP. Cotait é o único candidato que pode presidir as duas porque já será aclamado por unanimidade como presidente da Facesp”, declara.

O evento contou com mais de 80 pessoas, entre elas Ricardo Granja, ex-subprefeito do Butantã, Gaetano Brancati Luigi, idealizador do Marco da Paz, e Giacinto Cataldo, coordenador das Sedes Distritais da ACSP.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA