Peça “Garotas Mortas” aborda violência de gênero

0
475

Foto: Sérgio Silva

Sérgio Silva
Montagem é da Coletiva Palabreria e utiliza recursos de teatro-cinema

Na próxima quinta-feira (30) o Teatro Cacilda Becker estreia o espetáculo “Garotas Mortas”, inspirado no texto da autora argentina Selva Almada. A peça aborda três feminicídos ocorridos nos anos 80 que não foram resolvidos, trazendo reflexões sobre violência de gênero, misoginia e feminismo. A montagem é da Coletiva Palabreria, das pesquisadoras Fernanda Machado, Luiza Romão e Sofia Boito.

As artistas criaram uma linguagem de teatro-cinema, que utiliza projeções durante as cenas ao vivo. “Nosso intuito é pensar como essas histórias específicas, contadas pela autora em seu livro, revelam uma violência de gênero estrutural, com dimensões continentais, e que continua matando milhares de mulheres”, comentam.

A peça fica em cartaz até o dia 24 de julho, com apresentações nas quintas, sextas e sábados, às 21h, e domingos, às 19h. A entrada é gratuita e os ingressos devem ser retirados na bilheteria com uma hora de antecedência. O Teatro Cacilda Becker fica na Rua Tito, 295.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA