Bressan assume Subprefeitura da Lapa

0
422

Foto:

O novo subprefeito da Lapa, Paulo Bressan

JOSÉ DE OLIVEIRA JR. REPÓRTER

Desde sexta-feira, dia 21 de janeiro, a Subprefeitura da Lapa está sendo comandada por Paulo Magalhães Bressan. O veterinário de carreira na Prefeitura há quase 27 anos nasceu no bairro da Liberdade. Mora em Perdizes desde 1953. Com 60 anos, Bressan acredita que os distritos que compõem Subprefeitura representam o que existe no município de São Paulo. “Além da heterogeneidade, nesta região há vários extratos e segmentos sociais. Estamos perto do centro e temos uma periferia, fazendo limites com Osasco. A Lapa representa um conjunto muito especial”, acredita o novo subprefeito, indicado pelo secretário Municipal de Coordenação das Subprefeituras, Walter Feldman.
Bressan está disposto a se reunir com a comunidade lapeana para tratar das questões da região. “Pretendo debater com a população as prioridades. Os moradores é que sabem dos problemas”, ressalta o subprefeito da Lapa, acreditando que a sua equipe de trabalho esteja definida em 15 dias.
Perguntado sobre os serviços rotineiros da Subprefeitura da Lapa, como poda ou remoção de árvore, Bressan tem a perspectiva de que os cerca de 1.300 pedidos (SAC) estejam regularizados em 90 dias, com a definição dos cargos de confiança. “A operação tapa-buraco já está sendo feita como mutirão na cidade. Na região, estamos reforçando a Marginal Tietê, onde o tráfego de veículos pesados é mais intenso”, acredita.

Bressan também foi diretor-presidente da Fundação Parque Zoológico de São Paulo de 2000 até ocupar o cargo de subprefeito da Lapa. No Zoológico, Bressan assumiu a instituição no início do ano passado – na mesma época em que houve mortes de animais por envenenamento.
Antes de ir para o Zoológico, ele ocupou outros postos importantes no governo tucano, como a secretaria-adjunta da antiga Secretaria de Estado da Administração.

COMPARTILHE
Próximo artigoPRESTIGIO

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA