Comemorar

0
1473

A cidade chega aos seus 465 anos com uma história de formação muito interessante até virar a megalópole que conhecemos e amamos. O histórico da Lapa também é bastante rico, com influência de imigrantes, passado como polo industrial até chegar aos dias de hoje, com serviços e equipamentos variados, um grande eixo de entretenimento e coexistência de imóveis históricos e novos empreendimentos.

De um ano para cá bastante coisa mudou e outras nem tanto. Alagamentos e todos os transtornos decorrentes do período chuvoso do verão, falta de energia por conta de galhos entrelaçados na rede elétrica, entre outros familiares aos lapeanos.

A saúde, talvez maior preocupação de qualquer brasileiro, continua com as mesmas dificuldades, com necessidade de profissionais, reformas nos equipamentos e mais unidades de atendimento. Com a chegada da pré-conferência municipal de saúde no próximo mês, o momento é ideal para reivindicar demandas antigas da região, por exemplo, a reforma do PS da Lapa e reabertura do Hospital Sorocabana, tão importantes e com necessidades de atenção que também completam aniversário.

Os problemas de habitação na cidade também fazem aniversário. As pessoas que esperam moradia digna com recursos da Operação Urbana Consorciada Água Branca que o digam. Com o PIU Vila Leopoldina/Villa-Lobos, as comunidades do entorno da Ceagesp têm a possibilidade não só de conseguir melhor estrutura para morar, mas também de participar do debate de como isso será feito.

Para que as mudanças sejam de fato implementadas e atendam às necessidades do maior número possível de pessoas, é fundamental participar e estar próximo de quem pode atender as demandas. Na próxima semana o JG promove um evento com o novo subprefeito da Lapa, Leonardo Santos, justamente com o intuito de aproximar a comunidade do gestor da região. Tornar de conhecimento público aquilo que acontece na Lapa e, sempre que possível, promover esse tipo de diálogo, são dois dos principais objetivos deste jornal. Na primeira conversa que tivemos com o subprefeito, ele manifestou a vontade de ter uma relação construtiva com a comunidade. Aguardamos que semana que vem o compromisso seja reiterado.

Com transparência, diálogo e boa vontade, quem sabe até outubro, quando a Lapa completa 429 anos, apenas um pouco mais jovem que a cidade, teremos ainda mais motivos para comemorar do que nesta sexta-feira.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA