Até quando esperar?

0
1528

Cinco mil famílias esperam desde 2015 a Operação Urbana Água Branca – OUCAB, e nas audiências públicas, deixam claro a urgência na aprovação do projeto, para que sejam atendidas com moradias dignas.

Dos 4,8 bilhões previstos em 2015 apenas 9 milhões foram arrecadados até agora, muito abaixo do necessário. Isso porque os valores destes CEPACs, ora são superestimados, ora concedem benefícios contestados, o que inviabiliza sua venda e o atendimento às famílias e obras previstas. A ponte que liga Pirituba à Lapa, é outra ação importante na OUCAB, e será prioridade entre as obras, melhorando a mobilidade em nossa região.

Juntos, comunidade e os vereadores, construiremos entendimento que beneficie todos com moradias, apoio aos empreendedores e obras. O compromisso do nosso mandato em favor das famílias que buscam moradia digna é permanente, como relator da Operação Urbana Água Espraiada, ampliei de 10% para 30% os valores obrigatórios para construção de moradias sociais, e é o que defendo agora na OUCAB.

Diálogo, respeito e compromisso irão construir um projeto que atenda todos, é esta também a visão do prefeito Bruno Covas, que defende as alterações necessárias para viabilizar as ações tão aguardadas. Chega de esperar, vamos ao trabalho, concretizar os avanços que desejamos, porque juntos somos mais fortes.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA