Tiragem do JG supera diários

0
653

Dados recentes do Instituto de Verificação de Circulação (IVC) – órgão que controla a tiragem dos jornais com venda por assinatura e em bancas – acabam, indiretamente, comprovando que o Jornal da Gente é, hoje, a maior mídia impressa da Região Oeste.

Os números do IVC mostram que aos sábados os jornais Folha de S.Paulo e O Estado de São Paulo circulam, respectivamente, com tiragem de 26.911 e 23.628 exemplares, em toda a Zona Oeste, o que incluiu além dos bairros no âmbito da Sub Lapa, áreas como Pinheiros, Butantã, Higienópolis, Rio Pequeno, Perdizes, Jardim Paulista, entre outras. Comparativamente, o JG tem tiragem bem maior: 37 mil exemplares, circulação comprovada, semanalmente, a partir da emissão de um certificado assinado pela OESP Gráfica, empresa pertencente ao grupo O Estado de S. Paulo, em cujas oficinas o JG é rodado. “Vale lembrar que são 37 mil exemplares no trecho da Zona Oeste sob influência apenas da Subprefeitura da Lapa, nos bairros da Lapa, Vila Romana, Vila Leopoldina, Jaguaré e Pompéia”, afirma o diretor comercial do Jornal da Gente, Samuel Barcellos. “Ou seja, numa região bem menor do que aquela coberta pela Folha e pelo Estadão circulamos com mais exemplares”, acrescenta Barcellos.
Em relação a outros jornais diários a balança pende para o lado JG com mais força ainda. “Aos sábados o Jornal da Tarde circula com 4.599 exemplares, enquanto que o Diário de S.Paulo tem circulação de 5.061”, aponta o diretor comercial.

COMPARTILHE
Próximo artigoPRESTIGIO

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA