Novos caminhos

0
149

O Tendal da Lapa, agora um centro cultural, está se preparando para um novo tempo. Enquanto nos últimos anos o espaço esteve muito aquém do seu potencial, estamos agora prontos para reverter este quadro e a comunidade da região tem papel fundamental neste processo.

Chego à direção deste espaço incrível com a tarefa desafiadora e prazerosa de mapear a produção artística da região, me aprofundar nas diversas linguagens artísticas que podem dar a este equipamento usos diversos, estabelecendo novas conexões por meio do diálogo com artistas, frequentadores e quem mais quiser contribuir.

Fui escolhida pelo Secretário da Cultura para liderar esse processo em função de minha longa experiência na atividade cultural, em especial na circense. Não fui indicada nem represento a nenhum grupo ou entidade. Sou artista e gestora cultural. Vamos recuperar e ampliar a relevância do Tendal da Lapa como equipamento cultural para a região e para a cidade.

O Tendal também vai aprofundar-se na sua vocação e voltar à origem, que é a arte circense em todas as suas formas, tornando-se um centro de qualificação e aprimoramento. Para alcançar este objetivo, é fundamental que outras linguagens como música, teatro, dança integrem a oferta cultural, para que possamos explorar todo seu potencial a favor da arte.

Assim, a programação do Tendal da Lapa, como acontece em outros espaços culturais da Secretaria Municipal de Cultura, será diversa. Trata-se de um espaço público, portanto, ninguém pode ser dono. Nesta linha, faremos todo o esforço para atender à comunidade e oferecer uma programação regular diversificada, de qualidade e acessível.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA